sexta-feira, 16 de novembro de 2012

De quem é o problema?

Termina no próximo dia 25, o prazo para os donos de imóveis no quadrilátero central adequarem suas calçadas a Lei Municipal  1.138/2011.
A Lei determina a colocação de faixa de piso tátil de orientação para deficientes visuais, rampas para cadeirantes e retirada de obstáculos, como buracos.
Até aí, tudo bem! Eu quero saber é de quem será a responsabilidade sobre o resto dos quiosques que foram retirados do centro?
O prefeito cassado Homero Barbosa Neto (PDT) mandou derrubar os quiosques (medida que fui favorável), mas não consertou as calçadas. Existem restos dos antigos pontos comerciais em vários locais da cidade.
A Lei joga a responsabilidade sobre o proprietário do imóvel, mas neste caso, quem autorizou o quiosque foi a Prefeitura -  que também danificou a calçada para retirá-los. Se o entendimento for que a responsabilidade é do Município, a Prefeitura vai cumprir o mesmo prazo dado aos proprietários dos estabelecimentos para a promoção das benfeitorias !?
Herança em frente a agência dos Correios
 
Antigo ponto de sorvete italiano ao lado do bosque
 

Polícia Militar do Paraná está preparada contra ataques




A Polícia Militar do Paraná está preparada para enfrentar possíveis ataques contra a corporação.

 A garantia partiu do comandante do 2º Comando Regional Norte da PM, Coronel Altivir Cieslak. A declaração foi dada com base na onda de violência atribuída ao enfrentamento entre forças policiais e o Primeiro Comando da Capital (PCC) em São Paulo e Santa Catarina.

 O comandante Cieslak informormou que os órgãos de segurança do Paraná já anteciparam medidas para evitar ondas de ataque no estado.

Vamos fazer figa para que realmente nada semelhante aconteça em nosso estado, apesar de estarmos no meio da queda de braço.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Campanha conte até 10



O Ministério Público do Paraná faz, na próxima segunda-feira, 19 de novembro, o lançamento regional da campanha “Conte até 10. Paz. Essa é a atitude”. Criada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e pela Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (ENASP), com o apoio da Secretaria Nacional de Justiça e do Conselho Nacional de Justiça, a campanha tem o objetivo de combater os homicídios cometidos sem reflexão e aqueles que ocorrem após desentendimentos banais.

A campanha estadual deve envolver juízes e promotores, com ações nas comunidades, no intuito de conscientizar que mesmo os conflitos mais banais podem levar ao homicídio. Em Curitiba, neste mês e em dezembro, o Ministério Público já programou palestras em associações de moradores, localizadas em bairros onde estão instaladas Unidades Paraná Seguro (UPS). "Estão previstas palestras do “Conte até 10” nas escolas, principalmente de ensino médio, pois os índices de homicídios tendo jovens como vítimas têm crescido assustadoramente nos últimos anos", afirma o promotor de Justiça Paulo Markowicz de Lima. "O objetivo é prevenir o confronto na convivência cotidiana que possa levar ao crime. Propor que se conte até dez antes de começar uma briga ou discussão. Divulgaremos o tema em reuniões de associações de moradores, proferiremos palestras em escolas, bem como envolveremos os meios de comunicação e associações comerciais e sem fins lucrativos, com a finalidade de diminuirmos os índices de crimes com conteúdo de violência com origem em discussões familiares, conflitos entre aluno e professor, desentendimentos entre motoristas no trânsito, etc.".

No lançamento nacional da campanha, o procurador-geral da República e presidente do Conselho Nacional do Ministério Público, Roberto Gurgel, apresentou dados compilados pelo Conselho relativos a 16 unidades da federação, que mostram que, na maior parte dos estados, mais de 50% dos crimes de homicídio resulta de ações impulsivas ou são cometidos por motivos fúteis.
No Paraná, estimativa feita a partir de informações das Promotorias de Justiça ligadas à área criminal mostra que cerca de 21% dos casos de homicídio estão relacionados à motivação banal, conjugada com a embriaguez. Soma-se, ainda, a este número os crimes praticados em função de violência doméstica (7%) e os passionais (2%).

Richa poderia mudar pra Londrina

O governador Beto Richa (PSDB) poderia mudar com mala e cuia para Londrina, afinal, nunca tinha visto tantos policiais nas ruas como ontem.
Tinha blitz policial para os quatro cantos da cidade.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Reunião vai discutir futuro da UPA


O cancelamento da licitação para a compra dos equipamentos da Unidade de Pronto Atendimento da Zona Oeste gerou repercussão na Câmara.
A suspensão aconteceu porque o Observatório de Gestão Pública detectou preços elevados em vários itens relacionados na licitação.
A medida deve adiar ainda mais o início das atividades na UPA, porém de acordo com o prazo do Ministério da Saúde, o município tem que colocar a unidade em funcionamento no mês de dezembro, caso contrário, a Prefeitura terá que devolver cerca de R$ 2 milhões ao Governo Federal.
O vereador Amauri Cardoso (PSDB) sugeriu que o Legislativo crie um departamento para acompanhar os processos licitatórios desenvolvidos pelo Executivo.





Na avaliação do presidente da Câmara Rony Alves será difícil criar um departamento para acompanhar as licitações da Prefeitura.
Alves alegou que o volume de licitações é muito grande.
A presidente da Comissão de Seguridade Social Lenir de Assis ficou preocupada com o futuro da Unidade de Pronto Atendimento.
A vereadora informou que enviou um ofício para o Ministério da Saúde buscando informações sobre o caso. Além disso, Lenir de Assis está convocando uma reunião para discutir o tema, na próxima semana.


Olha o passarinho!

Os vereadores vão analisar hoje, o parecer contrário ao projeto que exige que os agentes de trânsito fotagrafem a infração do motoristas no momento da aplicação da multa.
De acordo com a proposta do vereador Sebastião dos Metalúrgicos (PDT), as multas lançadas sem as fotos serão anuladas.
A comissão de justiça apresentou parecer contrário alegando que o tema é de competência privativa da União.


Massagem para curar bronquite asmática

Colaborando com a amiga Vita Guimarães, vai o recado:
Massagem para curar bronquite asmática.
É uma atividade que acontece duas vezes por ano na Igreja PL. O massagista, prof. Shida estará em Londrina no próximo sábado, atendendo crianças e adolescentes, até 15 anos, gratuitamente. O atendimento será na Av. Dom Geraldo Fernandes, 1420 das 9h  até a 1h da tarde. Mais informações pelo telefone 3322-4334 , à partir das 8h da manhã.
Abraço, Vita!

Empresa nova na cidade


A Companhia de Desenvolvimento de Londrina confirmou a chegada de mais uma grande empresa na cidade.

A Atos – empresa internacional de tecnologia de informação já está procurando um imóvel para alugar em Londrina. A empresa ficará em um espaço locado durante a construção de sua sede.

De acordo com as informações, na primeira fase serão ofertados 200 empregos diretos, mas com o imóvel próprio a Atos vai disponibilizar 600 postos de trabalho.

Hoje tem Beto Richa? Tem sim senhor!

O governador Beto Richa (PSDB) mai uma vez dará o ar da graça em Londrina.
O alinhado governador de "todos" os paranaenses estará na cidade para autorizar o início do estágio operacional de 114 soldados da Polícia Militar. O curso teve início em maio no 5º BPM e, após seis meses de treinamento, os soldados estão habilitados para fazer o Estágio Operacional Supervisionado.

Como já cumpriram 75% da carga horária do curso, estão aptos às tarefas de policiamento ostensivo, que fazem parte do estágio operacional. Trabalharão armados, com coletes e demais equipamentos de proteção. A formatura está prevista para abril de 2013. Até lá, receberão instruções complementares e serão permanentemente avaliados a fim de que, ao final, estejam prontos e capacitados para garantir a segurança da população.

Richa pode aprovietar a visita para explicar porque apenas 6 pessoas estavam trabalhando nas obra de duplicação da PR-445, na última terça-feira.

E antes que eu me esqueça... é bom deixar um caminhão do Corpo de Bombeiros de plantão na solenidade de hoje!

Lotação do 5° distrito preocupa Ministério Público

 APromotoria de Justiça de Londrina protocolou, ontem, pedido de providências junto à Vara de Execuções Penais, para que os presos do 5º Distrito Policial sejam transferidos à Casa da Custódia, devido à superlotação na unidade (que abriga 105 detentos, tendo capacidade para 24).
O pedido de providências, assinado pelo promotor de Justiça Paulo Cesar Vieira Tavares, aponta que há alto risco sanitário de doenças infecto contagiosas, caso os presos permaneçam no local. A Pastoral Carcerária e a Vigilância Sanitária já haviam apontado diversas irregularidades no 5º DP, além da superlotação, como a incidência de doenças respiratórias, falta de remédios e atendimento médico e celas úmidas.

Devido a esse quadro, a Comissão de Diretos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção de Londrina, e o Centro de Diretos Humanos de Londrina solicitaram a intervenção do Ministério Público. Em resposta à Promotoria, a Diretoria de Vigilância em Saúde da Autarquia Municipal de Saúde encaminhou relatório técnico de inspeção realizada pelos fiscais da Vigilância Sanitária, apontando várias irregularidades: superlotação, estrutura precária, pisos e teto sem revestimento, infiltrações, mau cheiro e falta de produtos de higiene.

Além da transferência dos presos, a Promotoria requer uma reforma no local, no prazo de sessenta dias, e o fornecimento de material de limpeza, em dez dias.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Dívida da Sercomtel chega a R$ 14 milhões


A prefeitura de Londrina está devendo cerca de R$ 14 milhões para a empresa Sercomtel.
Desse montando aproximadamente R$ 6 milhões já estão ajuizados e R$ 8 milhões também deverão ser  levados à justiça em breve.

Prefeitura deve para Sercomtel

O diretor da Sercomtel Claudemir Molina destacou que na verdade é a Prefeitura que está devendo para a empresa de telefonia.
Segundo Molina, o município deve R$ 831 mil de contas telefônicas para a Sercomtel.

Kentaro é sabatinado pelos vereadores

O presidente da Sercomtel Kentaro Takahara e o diretor Claudemir Molina estão sendo sabatinados pelos vereadores neste momento.
Joel Garcia (PP) cobrou a apresentação da avaliação das empresas Adatel de Osasco e São José, antes do edital de venda.
Garcia também mostrou preocupação com o valor que a Sercomtel estaria devendo de ICMS, mas antecipou que o assunto não pode ser discutido hoje, por causa do motivo da convocação.


Corrigindo a prestação de contas

O vereador Rodrigo Gouvêa (PTC) declarou durante a sessão, que ficou curioso com os números divulgados na prestação de contas dos vereadores eleitos.
Gouvêa declarou ter visto campanhas chamativas com carros adesivados, placas, kombis e cabos eleitorais praticamente em todos os cantos da cidade, mas curiosamente na prestação de contas à  Justiça Eleitoral, os gastos desses candidatos foram reduzidos.
O vereador pediu para que os eleitos façam uma avaliação dos números apresentados, já que possívelmente será preciso corrigir os números apresentados à Justiça.
Gouvêa aproveitou para parabenizar Vilson Bitencourt (PSL) pela votação, já que o vereador eleito estava com a esposa visitando o Legislativo (Bitencourt fez 3.610 votos).
Eloir Valença (PHS) disse que a declaração de gastos é "patranha".
Confira a declaração dos candidatos e tire sua conclusão:

Elza correia (PMDB) – R$ 61.991,85
Emanoel de oliveira (PRB) – R$ 30.101,20
Fábio André Testa (PPS) – R$ 23.452,68
Gerson Araujo (PSDB) – R$ 55.614
Gustavo Richa (PHS) – R$ 80.605,30
Jamil Janene (PP) – R$ 92.544,50
Joaquim Donizete do Carmo (PDT) – Tamarrado – R$ 68.419
José Roque Neto (PTB) – R$ 32.557,50
Júnior Santos Rosa (PSC) – R$ 15.960,86
Lenir de Assis (PT) – R$ 54.629,62
Marcos Belinati (PP) – R$ 52.356
Mário Neto Takahashi (PV) – R$ 97.505,59
Péricles deliberador (PMN) – R$ 33.642,5
Roberto Fu (PDT) – R$ 7.600
Roberto Kanashiro (PSDB) – R$ 27.486,27
Rony Alves (PTB) – R$ 19.230,89
Sandra Graça (PP) – R$ 56.495,33
Sidney de Souza (PTB) – R$ 17.962,35
Vilson Bitencourt (PSL) – R$ 2.067,5

Sercomtel em debate

O presidente da Sercomtel Kentaro Takahara foi convocado para participar da sessão da Câmara nesta tarde.
Os vereadores cobram esclarecimentos sobre a venda das empresas coligadas Adatel Tv e Comunicações Osasco S.A e Adatel Tv Comunicações São José S.A.

Sem água

A Sanepar informa que o fornecimento de água em Primeiro de Maio está prejudicado no dia de hoje (13), em função da substituição da bomba do poço, principal fonte de abastecimento da cidade. O serviço será finalizado às 14h, e a previsão é que o abastecimento seja normalizado por volta das 17h de hoje.

Planta de valores

Será que os representantes do prefeito eleito Alexandre Kireeff (PSD) na comissão de transição já descobriram que para resolver o problema financeiro da Prefeitura será preciso promover uma atualização da planta de valores do IPTU?

Graninha para o natal




Os vereadores vão analisar em segundo turno nesta tarde, o projeto que reserva recursos para a realização do Natal de Luz, em Londrina.


De acordo com o projeto, a Codel vai receber R$ 430 mil para viabilizar o evento.


A edição do Natal de Luz só será possível por causa da entrada de recursos com o Profis.


A prefeitura destaca a importância das comemorações para o fortalecimento do turismo local.

A aprovação da matéria não significa que o evento está confirmado, já que é preciso montar a documentação da festa.

Tem muita gente achando que a Prefeitura deveria gastar o dinheiro com outras prioridades, como por exemplo, a construção de novas salas de aula.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Gastos de campanha

Essa está no blog do Fabião (baixo-clero.blogspot.com.br).
De acordo com a prestação de contas feita junto a Justiça Eleitoral, cada vereador eleito para a próxima legislatura gastou da seguinte maneira:

Elza correia (PMDB) – R$ 61.991,85

Emanoel de oliveira (PRB) – R$ 30.101,20

Fábio André Testa (PPS) – R$ 23.452,68

Gerson Araujo (PSDB) – R$ 55.614

Gustavo Richa (PHS) – R$ 80.605,30

Jamil Janene (PP) – R$ 92.544,50

Joaquim Donizete do Carmo (PDT) – Tamarrado – R$ 68.419

José Roque Neto (PTB) – R$ 32.557,50

Júnior Santos Rosa (PSC) – R$ 15.960,86

Lenir de Assis (PT) – R$ 54.629,62

Marcos Belinati (PP) – R$ 52.356

Mário Neto Takahashi (PV) – R$ 97.505,59

Péricles deliberador (PMN) – R$ 33.642,5

Roberto Fu (PDT) – R$ 7.600

Roberto Kanashiro (PSDB) – R$ 27.486,27

Rony Alves (PTB) – R$ 19.230,89

Sandra Graça (PP) – R$ 56.495,33

Sidney de Souza (PTB) – R$ 17.962,35

Vilson Bitencourt (PSL) – R$ 2.067,5

Que nem diria "Tião Galinha":
Mas i é!?

Prêmio Esso de fotografia

O fotógrafo Wilton de Souza Junior do jornal Estado de São Pualo recebeu o prêmio Esso de fotografia.
A foto vencedora retrata a presidenta Dilma Rousseff (PT) durante uma cerimônia na Academia Militar das Agulhas Negras.
O material foi publicado na edição do dia 21 de agosto, de 2011.
Tire sua conclusão:

Picada de carrapato e a vida boa!

Essa saiu hoje, na edição da Gazeta do Povo. O deputado Fábio Camargo (PTB), que não foi a 18 de 24 sessões realizadas entre julho e setembro deste ano, recebeu no mês de setembro R$ 67.024, referente à verba de ressarcimento paga pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.
Detalhe: Essa verba é repassada após apresentação de notas de serviços, como hospedagem, alimentação, passagens, combustível e comunicação, realizados para a atividade parlamentar.
Mesmo tendo justificado 14 das 18 faltas com atestado médico, Fábio Camargo não deixou de viajar. Foi seis vezes a Foz do Iguaçu, entre julho e agosto, em semanas nas quais havia apresentado atestado médico como motivo de falta às sessões. Em todas essas viagens se hospedou no Hotel Panorama, na Rodovia das Cataratas, em Foz do Iguaçu, que tem quartos com diárias que vão de R$ 167 a suíte standard até R$ 327 a suíte luxo.

 O deputado apresentou dez notas, no valor total de R$ 14.789, além do pagamento de R$ 5.036,00 para o restaurante Tropical Garden, que fica dentro do Panorama. Camargo respondeu que esteve hospedado diversas vezes no hotel para atender 12 municípios da região. “Fui sempre com o intuito de escutar a comunidade para fazer projetos e emendas.” Ele afirmou que, apesar de estar doente, com Lyme – infecção causada por picada de carrapato – não poderia ficar no plenário da Assembleia porque a moléstia causa fadiga e estresse. “Eu tinha condições de andar, de produzir, mas não podia estar em um ambiente no qual sofro pressão, angústia.” Ele disse que a pressão vem de insatisfeitos com o trabalho dele na CPI das Falências.

O deputado Fábio Camargo (PTB) não se constrange ao comentar o número de faltas em plenário. “É preciso acabar com falso moralismo de que presença é estar no plenário. Minha prestação de serviço é melhor mais perto do cidadão. Apareço no plenário quando há projetos de minha autoria ou quando há projeto de outro parlamentar que pode correr risco de não passar, quando a votação pode ficar apertada.”


Entrando em forma?!

O ex-prefeito Homero Barbosa Neto (PDT) e o gestor do Londrina Esporte Clube Sérgio Malucelli foram vistos, ontem, na pista de caminhadas do lago Igapó II.
A dupla aproveitava a caminhada para colocar a conversa em dia. De repente no futuro pode pintar uma parceria comercial, afinal, vai que aparece uma rádio a venda...