sábado, 29 de setembro de 2012

Conheça o Vovôcóptero

O governador Beto Richa (PSDB) entregou essa "bela máquina" para a cidade de Londrina na útlima sexta-feira. A aeronave ajudará nas operações policiais e nos atendimentos de urgência e emergência na região metropolitana de Londrina (pelo menos até outro governador mudar de idéia).
O problema é que o ex-governador Roberto Requião (PMDB) corneteou que o nosso "Falcão" já é maior de idade - notícia que foi confirmada pelo comandante geral do Graer Tenente-Coronel Orlando Arthur da Costa. A aeronave teria cerca de 20 anos de uso.
Detalhe: O governo comprou um Helicóptero Eurocopter EC-130 modelo B-4 por R$ 6,9 milhões em agosto de 2011. Advinhe onde ele está!?
Enquanto isso conheça o nosso Vovôcóptero - para o alto e avante!

Eleição não terá participação de Márcio Amaro



O delegado geral da Polícia Civil no Paraná Marcus Michelotto suspendeu do esquema de segurança das eleições o delegado chefe da 10ª Subdvisão Policial Márcio Amaro.

O motivo seria o polêmico surgimento de Amaro no programa eleitoral de Marcelo Belinati.

A notícia foi divulgada no PRTV primeira edição.

Equipe de Belinati divulga nota sobre pedido do Ministério Público.



A equipe do candidato a prefeito Marcelo Belinati (PP) divulgou uma nota sobre o pedido de investigação feito pelo Ministério Público Eleitoral sobre o suposto abuso do poder político.



Confira:



A coordenação jurídica da Coligação Londrina Unida considera sem fundamento a suposição de abuso de poder político levantada pelo Ministério Público Eleitoral, no depoimento do delegado-chefe Márcio Amaro sobre as propostas de Marcelo Belinati para área de segurança. “Não existe potencialidade no fato. O delegado deu um depoimento pessoal ao programa de TV veiculado, manifestou-se como cidadão. E a opinião dele não tem potencial para influir no pleito”, explica o advogado Frederico Reis, que representa o candidato Marcelo Belinati.
O advogado comenta que o PT, por exemplo, veicula em seu programa eleitoral e inserções depoimento da presidente Dilma Roussef com uma bandeira do Brasil ao fundo. “É um símbolo da Nação, da mesma forma que o escudo da Polícia Civil identifica a instituição. Ou seja, a imagem na propaganda eleitoral não configura qualquer ilegalidade”, sustenta Frederico Reis. Ele diz que vai aguardar a manifestação da Justiça Eleitoral para, se necessário, apresentar a defesa.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Ministério Público pede cassação de candidatura de Marcelo Belinati




O Ministério Público Eleitoral protocolou um pedido de investigação judicial por abuso do poder político contra o candidato Marcelo Belinati (PP), o candidato a vice Junker Grassiotto (PSDB) e o delegado-chefe da 10ª subdivisão policial Márcio Amaro.

O pedido é assinado pela promotora Suzana Lacerda com base na exibição de imagens do delegado no programa eleitoral de Marcelo Belinati.

De acordo com a promotora, eles teriam abusado do poder político.

O Ministério Público pede a declaração de inegibilidade e a cassação do registro de candidatura de Marcelo Belinati e Junker Grassiotto. Além da aplicação de multas.

O pedido será encaminhado para o juiz da 41ª Zona Eleitoral Álvaro Rodrigues Junior.

Prefeito aparece na prestação de contas




A Prefeitura apresenta na Câmara, o balanço financeiro do 2º quadrimestre de 2012.
 A obrigatoriedade da divulgação dos dados está presente na Lei de Responsabilidade Fiscal.
 De acordo com os dados apresentados, a Prefeitura fechou o mês de agosto com uma receita de R$ 339.316.049,00, porém a despesa no mesmo período foi de R$ 372.633.737,88, ou seja, o Município teve um déficit de R$ 33.317.687,93.
 A prestação de contas conta com a participação de vários secretários, do presidente do Sindserv Marcelo Urbaneja e poucos populares. A apresentação tem dois destaques: a presença incomum do prefeito Gerson Araújo (PSDB) e a participação de apenas cinco vereadores, Joel Garcia (PP), Roberto Kanashiro (PSDB), Rony Alves (PTB) Eloir Valença (PHS) e Junior Santos Rosa (PSC).

Londrina perde extensão do Guatupê para Maringá

Não é de hoje, que ouço de pessoas ligadas a segurança pública a reivindicação para a criação de uma unidade de extensão da Escola de formação, aperfeiçoamento e especialização de praças da Academia Militar do Guatupê, em Londrina.
Motivo - a unidade iria evitar que nossos soldados saiam da cidade para a realização de cursos de cabo e sargento em outros municípios. A extensão do Guatupê em Londrina aumentaria o efetivo policial da cidade durante os cursos.
Hoje, ao conferir a agenda do governador "londrinense" Beto Richa fiquei sabendo que na parte da manhã, ele vai inaugurar  2ª. Escola de formação, aperfeiçoamento e especialização de praças da Academia Militar do Guatupê, instalada no Jardim Novo Horizonte, em Maringá.
Fica o recado para os "aspones" de plantão!
E nóis!?

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Déficit detalhado

A Prefeitura de Londrina realiza amanhã, a partir das 10h, a prestação de contas do 3° quadrimestre de 2012.

A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que a cada 4 meses seja feita uma apresentação completa dos dados financeiros do Município.

Tradicionalmente a prestação de contas não desperta muito interesse e poucas pessoas acompanham a divulgação dos dados, mas a delicada situação financeira do Município pode mudar essa realidade e aumentar o número de pessoas na Câmara.

Sóbrio!

Que nem diria João Canabrava: _ Sóbrioooo!

A Secretaria de Segurança Pública do Paraná baixou uma resolução determinando que no dia 7 de outubro (eleições), a venda de bebidas alcoólicas será proibida das 6h às 18h.

Sinceramente acho uma grande hipocrisia, já que o pessoal vai beber do mesmo jeito. Tem gente que faz churrasco em casa e dá-lhe "loirinha gelada". Conheço pessoas que vão almoçar com a família em restaurantes da cidade e tomam sua cervejinha devidamente disfarçada em garrafas de guaraná.

Essa medida só prejudica os comerciantes nas cidades de médio e grande porte, já que no final, quem quer beber sempre dá um jeitinho!

A resoulção até pode ser justificada em pequenos municípios - onde a disputa eleitoral tem outra realidade, mas é só e passa a régua!



Sistema de Internação Domiciliar sem veículos

A presidente da Comissão de Seguridade Social Lenir de Assis (PT) declarou no plenário da Câmara que  o programa de Sistema de Internação Domiciliar estaria passando por dificuldades. De acordo com a vereadora, os carros do programa estariam parados por falta de manutenção. Em alguns casos, uma simples troca de óleo resolveria.
Lenir de Assis apresentou um pedido de informações em regime de urgência cobrando explicações sobre o caso.

Câmara arquiva denúncia contra Ribeiro

A Mesa Executiva da Câmara comunicou o arquivamento da denúncia contra o ex-prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) sobre o recebimento de propina na compra dos uniformes escolares.
O processo de abertura de uma comissão processante foi engavetada por causa da renúncia de Ribeiro ao cargo de prefeito.
De acordo com a Mesa, a denúncia perdeu seu objetivo, já que o papel do Legislativo seria cassar o mandato de Ribeiro.

Novo vereador

O palestrante e músico Ederson Junior Santos Rosa (PSC) vai ocupar a partir de hoje, uma cadeira na Câmara de Londrina. Santos Rosa vai ficar com a vaga de Gerson Araújo (PSDB) - atual prefeito da cidade. Ederson Junior Santos Rosa tem 28 anos e recebeu 1.487 votos nas eleições de 2008 ficando na quarta suplência, concorrendo à época pela coligação PSDB/DEM. Junior Santos Rosa deixou o ninho tucano e foi para o Partido Social Cristão (PSC).
O PSDB ameaça pedir a vaga na justiça, mas o novo vereador esperar ficar no cargo até o final do mandato.

Cito deixa prisão

O ex-secretário de Governo e Gestão Pública Marco Antonio Cito deixou a PEL 2 por uma decisão do Tribunal de Justiça.

De acordo com o jornal Folha de Londrina, o desembargador José Pinto de Almeida concedeu habeas corpus ao ex-secretário que estava preso desde o último dias 21. Cito é reú no escândalo dos uniformes.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Helicóptero de Londrina será entregue em plena campanha política

O helicóptero prometido pelo governador Beto Richa (PSDB) finalmente está chegando. De acordo com as informações da Agência de Comunicação, por uma dessas coincidências da vida a aeronave será entregue na sexta-feira, em pleno período eleitoral. É bom lembrar, que pelo menos dois candidatos a Prefeitura de Londrina desfilam pela cidade sob a plumagem tucana, ou seja, além de Richa, vai ter mais gente assumindo a paternidade da instalação da sede Pé-vermelha do Grupo Aeropolicial e Resgate Aéreo (GRAER).
A Agência Estadual de Notícia também informa que base contará com um helicóptero e um efetivo formado por cinco integrantes, entre policiais militares e civis e bombeiro. O Graer é responsável pelo apoio aéreo no policiamento ostensivo e pelo transporte de vítimas que precisam de atendimento médico de urgência. Além disso, auxilia ações de Defesa Civil e operações policiais militares e civis.
O grupo também dá apoio a órgãos federais, estaduais e municipais, em todo o território nacional, em missões de segurança pública ou defesa civil e em ações de preservação da ordem pública. Além de Londrina, Foz do Iguaçu também deve ganhar uma base do Graer, nos próximos meses.
O governador Beto Richa também inaugura o 2.º Comando Regional de Polícia Militar em Londrina. Trata-se de uma unidade que responde diretamente ao subcomandante-geral da PM e atua como órgão de planejamento, coordenação dos batalhões e companhias de polícia.
Também será instalada a Corregedoria da Polícia Militar, que substitui a extinta seção da justiça e disciplina, e tem como meta apurar irregularidades e fatos decorrentes que envolvam os integrantes da PM.
O governo também inaugura oficialmente a Delegacia de Homicídios de Londrina. É a quinta especializada criada no Paraná. As outras estão em Curitiba, Foz do Iguaçu, Cascavel e Maringá.

Compromisso com a cidade

O vereador Roberto Kanashiro (PSDB) aceitou a árdua missão de ser o líder do prefeito na Câmara neste restante de administração.
O convite foi feito ontem, durante a visita de Gerson Araújo ao Legislativo. No início, Kanashiro não mostrou muita dispoposição em aceitar o convite - alegando inclusive problemas de saúde, mas, seu posicionamento mudou depois de uma nova conversa com o chefe do Executivo.
O vereador informou que ao ver o comprometimento do prefeito com a cidade, resolveu adotar a mesma medida de apoio ao nosso município nesse momento difícil.
Kanashiro informou que não negociou cargos para assumir a liderança do prefeito na Câmara.
O nosso oriental tucano terá que como missão até o final do ano, garantir a aprovação do novo Profis, do restante do Plano Diretor e do Orçamento de 2013.

Empresas do transporte coletivo cobram pagamento do subsídio


A Prefeitura de Londrina suspendeu o repasse do subsídio feito às empresas do Transporte Coletivo na cidade. A medida foi adotada por causa do delicado momento financeiro do município. As empresas estão preocupadas porque a tarifa completa 18 meses sem recomposição.

O subsídio começou a ser pago em 2011 para evitar o aumento da tarifa do transporte. O valor repassado pela Prefeitura é de R$0,15 por passagem. Segundo os dados da Secretaria da Fazenda, o auxílio mensal é de aproximadamente R$ 800 mil.

O diretor do Metrolon – Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo, Gildalmo Mendonça pediu para a Prefeitura honrar seu compromisso e efetuar o pagamento do subsídio.

Visões diferentes da pobreza!

Tem gente brincando com o verdadeiro significado da palavra "probreza" na cidade. Fiquei sabendo de um candidato que anda dizendo pelas ruas da cidade que ficou pobre! O "honesto" bate no peito que está na miséria por causa da política, que teve que vender o carro e etc...
Essa figura que fica arrotando moralidade em Londrina poderia  explicar como é ser pobre morando em "barraco" no Bela Suiça ou dividindo  os "prejuízos" de uma rádio.

Investimento

Recebi a infomação de que uma rede de supermercados já instalada na cidade está querendo implantar uma segunda loja em uma área próxima ao Bar Valentino. Reflexos do fim da Lei da Muralha!

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Câmara vai alterar Profis


A Comissão de Justiça da Câmara vai apresentar um substitutivo ao projeto do novo Programa de Recuperação Fiscal.
As mudanças serão apresentadas pela comissão de justiça para acelerar o processo.
A comissão vai alterar, por exemplo, os novos prazos para a negociação, já que o projeto original tinha como vencimento inicial o mês de setembro.
Os vereadores vão votar o projeto no período eleitoral, mas a sanção só poderá acontecer depois do dia 7 de outubro.

Tito Valle vence eleição para vice-presidência

O vereador Tito Valle (PMDB) venceu por 10 votos a 7 a eleição para a vice-presidência da Câmara. Ele disputou a eleição com Joel Garcia (PP).

Vale a pena destacar que Eloir Valença (PHS) não estava no plenário no momento da votação.

Tito e Joel disputam vice-presidência

A disputa pela vice-presidência da Câmara tem dois candidatos. Participam do pleito Joel Garcia (PP) e Tito Valle (PMDB). A sessão está suspensa para a elaboração das cédulas.

O cargo ficou vago depois que Rony Alves (PTB) assumiu a presidência.

Gerson Araújo quer Kanashiro na liderança da Câmara.

O prefeito Gerson Araújo (PSDB) revelou que fez um convite ao vereador Roberto Kanashiro durante sua visita ao prédio do Legislativo. Araújo quer que Kanashiro assuma a liderança do prefeito na Câmara.
O vereador  mostrou-se preocupado em assumir a função por causa da saúde e da campanha eleitoral , mas ainda não recusou o convite. A resposta deverá ser conhecida somente na quarta-feira.

Renúncia de Molina é oficializada

O presidente da Câmara Rony Alves promoveu a leitura da renúncia do advogado Claudemir Molina a vaga de vereador deixada por Gerson Araújo.
O próximo suplente é Éderson dos Santos Rosa, porém ele trocou o nicho tucano pelo PSC.
O legislativo tem 48h para convocar o novo suplente.

Araújo pede apoio para aprovação do Profis

O prefeito Gerson Araújo (PSDB) está na Câmara neste momento. Durante a visita, Araújo aproveitou para pedir o apoio do Legislativo na votação do Programa de Recuperação Fiscal - Profis.
Os vereadores prometaram apoio, mas pediram cuidado com as prioridades do Município. Os legisladores solicitaram, por exemplo, que o pagamento das entidades filantrópicas não atrase.

Movimento Por Amor a Londrina suspende manifestações

O movimento popular contra a corrupção "Por Amor a Londrina" está suspendendo temporariamente as atividades.

As ações do grupo  estão suspensas até o dia 8 de outubro.

Veja a nota do Movimento:


Resolução Por Amor a Londrina

Em função da truculência física e verbal praticada contra militantes do Movimento Popular Contra a Corrupção Por Amor a Londrina, no dia 20 último, na Prefeitura Municipal, por correligionários e um candidato a vereador do Partido Democrático Trabalhista (PDT), agremiação a qual é filiado o ex-prefeito cassado Barbosa Neto, o coletivo que luta pelo restabelecimento da moralidade na administração pública municipal resolve suspender, temporariamente, as ações públicas que tem realizado em nome da ética e da transparência nos atos do Executivo e do Legislativo londrinenses.

As agressões foram comunicadas à Polícia Civil através de registro em boletim de ocorrência e o caso será decidido no âmbito da Justiça. Além disso, o Movimento Por Amor a Londrina entende que o acirramento de ânimos por parte de certas candidaturas e seus cabos eleitorais, fato que pode ser comprovado através das manifestações na propaganda eleitoral gratuita, nas ruas e nas redes sociais, estaria eclipsando os debates entre os candidatos, atividade essencial para que o eleitorado londrinense decida seu voto de acordo com os interesses dos mais de 500 mil habitantes da Metrópole do Norte do Paraná.

 Após a realização do primeiro turno das eleições 2012, no dia 7 de outubro próximo, o Movimento se reúne para decidir se retoma ou não os atos públicos que tem realizado Por Amor a Londrina e Contra a Corrupção na administração pública municipal, moléstia política que se tornou notícia cotidiana nos meios de comunicação de massa desta cidade.

 

Coordenação do mccpal.

Novo diretor na Câmara

O novo presidente da Câmara Rony Alves (PTB) deve promover algumas mudanças na equipe herdada de Gerson Araújo (PSDB). De acordo com a corneta de plantão, Altemir Lopes provavelmente deixará a diretoria da casa. Outras mudanças deverão acontecer após o dia 8 de outubro.

Prefeito na Câmara

O prefeito Gerson Araújo (PSDB) vai visitar os vereadores durante a sessão desta tarde. O encontro tem o objetivo de reforçar o relacionamento do chefe do Executivo com com o legislativo.

Araújo já tem chefe de gabinete

O prefeito Gerson Araújo (PSDB) nomeou William Polaquini Godoy para o cargo de Chefe de Gabinete. Godoy é formado em Administração e já trabalhava como chefe de gabinete de Araújo na presidência do Legislativo.

PSDB vai pedir vaga de Araújo na justiça

O presidente do diretório municipal do PSDB Éder Pimenta já antecipou que o partido vai requsitar na justiça a vaga na Câmara deixada por Gerson Araújo.

O primeiro suplente do partido - o advogado Claudemir Molina revelou que não assimirá a vaga por causa de seu compromisso com a diretoria financeira da Sercomtel.

O próximo suplente é Éderson Junior Santos Rosa, que trocou o PSDB pelo PSC.

Segundo Pimenta, o ninho tucano não vai acetiar que a vaga fique com Santos Rosa.

Molina não vai ocupar cadeira na Câmara

O advogado Claudemir Molina decidiu que não irá ocupar a vaga de Gerson Araújo (PSDB) na Câmara. Molina optou por continuar na diretoria financeira da Sercomtel.
De acordo com o resultado das eleições em 2008, os próximos suplentes são:

Éderson Junior Santos Rosa – que fez 1.487 votos, porém, ele deixou o PSDB e está no PSC. Na seqüência aparece Walter Marcondes Filho (1.323 votos) – atualmente na CAAPSML e em seguida Eder Pimenta que obteve 1.216 votos em 2008.


Confira a nota divulgada pelo advogado Claudemir Molina:



NOTA À IMPRENSA

 

                   Através da presente, informo aos veículos de comunicação da imprensa londrinense, o que segue:

 

Entendo que o chamado para exercer a função de vereador é uma honra muito grande, contudo, hoje também exerço função pública relevante, qual seja a de Diretor Administrativo-Financeiro e de Relações com Investidores das empresas Sercomtel S/A. Telecomunicações e Sercomtel Celular S.A., que exige dedicação em tempo integral e empenho, principalmente no presente momento de superação de dificuldades que as empresas atravessam.

                           

Após consultar o Prefeito Gerson Araújo, lideranças, vereadores, membros da executiva do PSDB, levando em conta manifestações de cidadãos londrinenses que querem o bem da cidade de Londrina, informo que a minha opção é a de continuar exercendo o cargo de Diretor Administrativo-Financeiro e de Relações com Investidores das empresas Sercomtel S/A. Telecomunicações e Sercomtel Celular S.A.

 

Para o processo de decisão, esclareço que levei em consideração o exíguo tempo restante para o término da presente legislatura, bem como que no meu sentir, a crise institucional e política dos Poderes Legislativo e Executivo do município, arrefeceram e estão equacionadas com a assunção de Gerson Araújo ao cargo de Prefeito de Londrina.

 

Considerei também, que a substituição do meu cargo nas empresas do grupo Sercomtel trariam muitos transtornos para a continuidade dos trabalhos, projetos e na administração, pois eventual substituto necessitaria de tempo para o aprendizado das complexas regras do mercado das Telecomunicações.

 

Informo que comuniquei minha decisão às direções da Sercomtel e da Copel (a qual indicou-me para o cargo) sobre a opção que fiz, as quais julgaram que esta seria a mais adequada e traz estabilidade administrativa para a Sercomtel.

 

Desejo ao meu suplente sucesso no desempenho dos seus trabalhos.

 

 

 

Londrina, 25 de setembro de 2012.

 

 

Claudemir Molina

Ribeiro colaborou!

O ex-prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) optou por colaborar com as investigações do Ministério Público e deixou de ser hóspede na PEL2.

Ribeiro reafirmou ter recebido R$ 150 mil de propina na compra dos uniformes escolares.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Secretários terão que apresentar relatórios


 
No primeiro dia na cadeira de Prefeito, Gerson Araújo iniciou o expediente com uma reunião com os secretários ligados a situação financeira do Município.

No encontro, o prefeito recebeu a informação de que a folha de pagamento dos servidores para setembro está garantida. Além disso, ficou definido que a votação do Profis só acontecerá depois da eleição.

Gerson Araújo também decidiu que irá para Curitiba – onde apresentará detalhes ao Tribunal de Contas sobre o início de sua gestão.

Na parte da tarde, Araújo teve uma reunião com todos os secretários.

O prefeito informou que pediu um relatório com as prioridades de cada pasta.

Será que Ribeiro vai colaborar?

O ex-prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) está novamente na sede do Ministério Público. Ribeiro está detido na PEL 2 desde quinta-feira (20). Ele teve sua prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça do Paraná.
O ex-prefeito confessou ter recebido propina na compra dos uniformes escolares. Será que Ribeiro vai aproveitar essa nova conversa com os promotores para colaborar com as investigações?

Pagamento dos servidores está garantido


O secretário municipal da Fazenda João Carlos Barbosa Peres informou que a folha de pagamento de setembro dos servidores já está garantida, mas alguns repasses serão suspensos. De acordo com o secretário, o subsídio de R$ 0,15 em cada passagem do Transporte Coletivo não será repassado neste mês. Além disso, o repasse para o legsilativo foi dividido em duas vezes.
Os compromissos para o mês de outubro só serão honrados se a Câmara aprovar o novo Profis.

Julgamento da propina


Será retomado hoje, o julgamento da ação criminal proposta pelo Gaeco, que denuncia o pagamento de propina ao vereador Amauri Cardoso (PSDB). A tentativa de suborno teria sido feita para que Cardoso votasse contra a abertura da Comissão Processante da Centronic.
 
O juiz da 3ª Vara Criminal, Katsujo Nakadomari ouviu dez pessoas na primeira audiência realizada no dia 15 de agosto.

 

A ação penal tem como denunciados o vereador Eloir Valença, o ex-secretário Municipal de Governo Marco Cito, o ex- diretor de Participações da Sercomtel, Alysson de Carvalho, o ex- presidente da companhia telefônica e ex-presidente do PDT, Roberto Coutinho, o ex-chefe de gabinete Rogério Ortega, e o empresário Ludovico Bonato.

Profis só depois da eleição

O presidente da Câmara Rony Alves (PTB) informou que a votação do novo Programa de Recuperação Fsical da Prefeitura de Londrina ficará para o mês de outubro.

O motivo é o calendário eleitoral. Na avaliação do Legislativo, o fato do prefeito Gerson Araújo (PSDB) ser candidato a reeleição para vereador pode impedir a votação da matéria neste período.

A Prefeitura defende a aprovação do Profis para honrar seus compromissos financeiros até o final do ano.