sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Mudança na comunicação

O prefeito Gerson Araújo (PSDB) já promoveu sua primeira mudança na equipe de governo. Deixa o comando do Núcleo de Comunicação a jornalista Célia Baroni e assume a também jornalista Elsa Caldeira.

Confirmado: justiça nega prisão de Barbosa

O promotor Claúdio Esteves concedeu uma entrevista coletiva confirmando a prisão do ex-secretário de Gestão Pública e Governo Marco Antonio Cito. Esteves também revelou que o pedido de prisão do ex-prefeito Homero Barbosa Neto (PDT) foi negado pelo juiz da 3ª Vara Criminal Katsujo Nakadomari. O motivo do pedido de prisão ainda não foi divulgado.

Gerson Araújo agenda primeira reunião com secretários



 

O pastor Gerson Araújo (PSDB) foi empossado hoje, como Prefeito de Londrina. O novo prefeito estava acompanhado da esposa Mara Lúcia Nascimento do Araújo.
O evento contou com a participação de familiares, autoridades e amigos.
 
O presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina Flávio Balan ofereceu apoio ao novo prefeito, mas declarou que a sociedade civil vai fiscalizar a administração. De acordo com o presidente da Acil é melhor prevenir do que remediar. A primeira reunião com o secretariado foi agendada para segunda-feira (24).
 

Justiça teria negado prisão de Barbosa Neto

Existe uma informação ainda não confirmada de que o Ministério Público também teria pedido a prisão do ex-prefeito Homero Barbosa Neto (PDT). A solicitação teria sido negada pelo juiz da 3ª  Vara Criminal Katsujo Nakadomari.

Marco Cito está preso

O ex-secretário de Gestão Pública Marco Cito acaba de ser preso pelo Gaeco. O ex-secretário de Barbosa Neto já está na sede do Gaeco.

Hoje é dia da galera da "latinha"

Dia 21 de setembro é lembrado como o dia do radialista.
Em nome de toda a equipe do blog (eu) quero desejar sucesso para todos os profissionais da latinha!

Radialista e jornalista são muito parecidos - ambos lutam por uma sociedade melhor!

Só nos resta uma coisa, torcer para que um dia aconteça a "valorização" de radialistas e jornalistas.

Debaixo das asas tucanas


O secretário estadual da Fazenda Luis Carlos Hauly (PSDB) declarou que o pastor Gerson Araújo vai promover uma administração de transição para a próxima gestão.

Segundo Hauly, o novo prefeito terá total apoio do governo do estado na luta para garantir a quitação de todos os compromissos do município até o final do ano.

Pesquisa coloca Belinati em primeiro e mostra crescimento de Kireeff

A Rádio Paiquerê AM e o Instituto Portinari divulgaram hoje, mais uma pesquisa sobre a corrida eleitoral em Londrina.

A pesquisa, registrada sob o número TR 00231/2012, ouviu 900 pessoas de 18 à 20 de setembro e tem margem de erro de 3% para mais ou para menos, além de intervalo de confiança de 95%.
Confira os números:

Espontânea

Marcelo Belinati (PP) - 36%
Márcia Lopes (PT) - 9,4%
Luiz Eduardo Cheida (PMDB) - 9,1%
Alexandre Kireeff (PSD) - 7,8%
Barbosa Neto (PDT) - 5,5%
Valmor Venturini (PSol) - 0,2%
Indecisos/Não Sabem - 25,2%
Votos Brancos e Nulos - 6,8%

Estimulada

Marcelo Belinati (PP) - 41,3%
Márcia Lopes (PT) - 10,2%
Luiz Eduardo Cheida (PMDB) - 9,3%
Alexandre Kireeff (PSD) - 8,8%
Barbosa Neto (PDT) - 6%
Valmor Venturini (PSol) - 0,2%
Indecisos/Não Sabem - 17,4%
Votos Brancos e Nulos - 6,8%

Somente com votos válidos

Marcelo Belinati (PP) - 54,5%
Márcia Lopes (PT) - 13,5%
Luiz Eduardo Cheida (PMDB) - 12,3%
Alexandre Kireeff (PSD) - 11,6%
Barbosa Neto (PDT) - 7,9%
Valmor Venturini (PSol) - 0,2%
Rejeição (em quem não votaria)

Barbosa Neto (PDT) - 43,9%
Marcelo Belinati (PP) - 6,3%
Márcia Lopes (PT) - 7%
Luiz Eduardo Cheida (PMDB) - 6,3%
Alexandre Kireeff (PSD) - 0,8%
Valmor Venturini (PSol) - 3,2%
Não opinou/Não sabe - 19,7%
Não tem rejeição por ninguém - 12,8%

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Hauly na Câmara

O secretário estadual da Fazenda Luis Carlos Hauly (PSDB) passou pela Câmara no final da sessão, para parabenizar o novo presidente do Legislativo Rony Alves (PTB) e o prefeito de seu partido Gerson Araújo.

A leitura da renúncia de Ribeiro e o compromisso de Gerson Araújo

Ouça a leitura da renúncia de José Ribeiro feita pelo presidente da Câmara Gerson Araújo. Na sequência, Araújo assume seu compromisso como Prefeito de Londrina.

Posse de Gerson Araújo como prefeito será amanhã

A Câmara empossou Gerson Araújo (PSDB) como prefeito de Londrina. A solenidade oficial será amanhã, às 15h, no gabinete do prefeito.
O vice-presidente Rony Alves (PTB) assumiu a presidência do Legislativo.
O PSDB terá que apresentar seu suplente dentro de 48 horas.

Gerson Araújo pode trocar equipe?

Tem muita gente querendo saber se Gerson Araújo (PSDB) poderá promover mudanças na prefeitura.
Araújo antecipou de manhã, que não pretende mexer no time durante a campanha eleitoral.

Veja o que diz o Art.73 da Lei Eleitoral:


Das Condutas Vedadas aos Agentes Públicos em Campanhas Eleitorais

Art. 73 - São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

I - ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios, ressalvada a realização de convenção partidária;
II - usar materiais ou serviços, custeados pelos Governos ou Casas Legislativas, que excedam as prerrogativas consignadas nos regimentos e normas dos órgãos que integram;
III - ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado;
IV - fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público;
V - nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:
a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;
b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início daquele prazo;
d) a nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento inadiável de serviços públicos essenciais, com prévia e expressa autorização do Chefe do Poder Executivo;
e) a transferência ou remoção ex officio de militares, policiais civis e de agentes penitenciários;

Câmara vai anunciar oficialmente renúncia do prefeito

Os vereadores ainda estão reunidos na sala da presidência do Legislativo. De acordo com as informações, no retorno aos trabalhos, A Mesa Executiva vai comunicar oficialmente a renúncia do prefeito José Joaquim Ribeiro(sem partido). Nesse momento, seremos informados sobre a nova situação política da cidade, exemplo; Gerson Araújo assume? quando?

Câmara recebe carta renúncia

A Câmara já recebeu a carta renúncia do Prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) autenticada - com reconhecimento de firma em cartório.
A sessão está suspensa e estamos aguardando o que será feito agora.

Ribeiro vai para a PEL 2

A assessoria de imprensa do Minsitério Pùblico divulgou uma nota informando que o prefeito José Joaquim Ribeiro (sem Partido) será encaminhado para a Penitenciária Estadual de Londrina 2.

Veja a nota:

O desembargador José Maurício Pinto de
Almeida, do Tribunal de Justiça do Paraná, acolhendo pedido formulado em
denúncia feita pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), decretou no final da
tarde desta quarta-feira (19) a prisão preventiva do prefeito municipal de
Londrina José Joaquim Martins Ribeiro.

O mandado de prisão foi cumprido no início da manhã desta
quinta-feira (20) por policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao
Crime Organizado (Gaeco) de Itajaí, Santa Catarina, em conjunto com policiais
do Gaeco de Londrina. Ribeiro foi encontrado em um hotel, no município de
Piçarras. Ainda durante a manhã, o advogado de Ribeiro entregou à Câmara Municipal
de Londrina o pedido de renúncia do prefeito.

Após ser detido, Ribeiro foi encaminhado para a sede do
Gaeco em Itajaí, onde aguardou a ordem de remoção para a sede do Gaeco de
Londrina, que aconteceu por volta das 15h15.
Ele será levado para a Penitenciária Estadual de Londrina II.

Denúncia – Ribeiro foi denunciado
criminalmente pelo MP-PR na última segunda-feira, dia 17, por formação de
quadrilha, fraude à licitação, corrupção passiva, peculato e lavagem de
dinheiro. A denúncia envolve, também, o ex-prefeito, Homero Barbosa Neto, e
outras 17 pessoas. Apesar de a investigação apontar para a possibilidade de
valores mais elevados, a denúncia imputa o peculato (desvio de dinheiro
público) de R$ 3,8 milhões e pagamentos de propinas no valor total de R$ 540
mil.

Molina e a utilidade pública

Conversei por telefone com o advogado Claudemir Molina sobre a possibilidade dele assumir um cargo na Câmara. O advogado é o primeiro suplente do PSDB.
Molina atualmente é diretor da Sercomtel e não pode compartinhar o cargo comissionado com a vereança. No bate-papo ele revelou que ainda não decidiu se assumirá a vaga de Gerson Araújo (PSDB) e que vai discutir o tema com seus aliados. Molina quer saber onde será mais útil para a vida pública.
No caso de Molina não aceitar, o próximo suplente é Walter Marcondes.

Urbaneja é reeleito presidente do Sindserv

O professor Marcelo Urbaneja foi reeleito para o cargo de presidente do Sindicatos dos Servidores Municipais de Londrina por mais 4 anos.

Veja o resultado final da eleição:

Marcelo Urbaneja - 1.364 votos

Fernanda Tedeschi - 775 votos

Ieda Fumagalli - 386 votos

Amigos do Barbosa X Manisfestantes

O tempo fechou na frente da prefeitura no início da tarde. Pessoas com bandeiras do PDT apareceram na Praça dos Três Poderes e colocaram fogo nas faixas do Movimento Contra a Corrupção "Por Amor a Londrina".

A confusão termincou em pancadaria com a agressão de um manifestante.

A Guarda Municipal teve que agir para acalmar os ânimos.

Advogado entrega renúncia de Ribeiro

O advogado Paulo Nolasco entregou ao presidente da Câmara Gerson Araújo (PSDB) a renúncia do prefeito José Joaquim Ribeiro(sem partido).

A medida foi adotada para tentar revogar a prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça. O documento ainda precisa ser autenticado.

O novo prefeito será Gerson Araújo, e a o vereador Rony Alves (PTB) deverá assumir a presidência do Legislativo.

O próximo suplente do PSDB é o advogado Claudemir Molina, já que Márcio Almeida renúnciou a suplência. Molina ocupa atualmente um alto cargo na Sercomtel.

Quem assume?

Se o advogado do prefeito realmente entregar a renúncia de José Ribeiro ao presidente da Câmara Gerson Araújo (PSDB), quem será o prefeito?

O sucessor natural é Gerson Araújo, porém, tem muita gente que acha que ele teria que desistir de sua campanha para vereador. Se isso for verdade, será que Araújo vai topar!?

Advogado de Ribeiro deve entregar renúncia

O advogado do prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) estará na Câmara às 11h. A informação de bastidor é de que o doutor Paulo Nolasco entregará ao presidente do legislativo Gerson Araújo (PSDB) a renúncia de Ribeiro ao cargo de prefeito.

Advogado de Ribeiro vai falar

O advogado do prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) deve conversar com a imprensa sobre a prisão de seu cliente no município de Piçarras.

A coletiva do doutor Paulo Nolasco será agora de manhã.

Confirmado: Ribeiro está preso em Santa Catarina

A notícia de que o prefeito José Joaquim Ribeiro foi preso na cidade de Piçarras, em Santa Catarina, acaba de ser confirmada. Em breve mais detalhes.

Ribeiro teria sido preso em Santa Catarina

A Rádio Paiquerê AM divulgou uma informação ainda não confirmada de que o prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) teria sido preso agora de manhã, no município de Piçarras - Santa Catarina.

A prisão preventiva de Ribeiro foi decretada pelo Tribunal de Justiça do Paraná.

Tribunal de Justiça pede prisão de Ribeiro

O desembargador José Maurício de Almeida pediu ontem, a prisão preventiva do prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido). A decisão do Tribunal de Justiça do Paraná está baseada na investigação do Ministério Público sobre o pagamento de propina na compra dos uniformes escolares. Ribeiro confessou ter recebido R$ 150 mil. No despacho, o desembargador aponta que Ribeiro está causando uma inegável "intranquilidade social".

O advogado do prefeito que está licenciado, doutor Paulo Nolasco informou que irá apresentar seu cliente à justiça ainda hoje.

O Tribunal de Justiça negou o pedido de prisão preventiva para o ex-prefeito Barbosa Neto, e os ex-secretários Lindomar dos Santos e Marco Cito.

Prefeitura quer separar repasse da câmara.

O diretor da Câmara Altemir Lopes revelou que a Prefeitura quer separar o repasse do Legislativo.
De acordo com as informações, o repasse mensal da Câmara é de aproximadamente R$ 2,9 milhões. A Prefeitura quer repassar hoje, cerca de R$ 850 mil para a folha de pagamento do legislativo e o restante somente no dia 5 de outubro.
A medida faz parte das ações desenvolvidas pelo Município para garantir a remuneração dos servidores públicos da Prefeitura.

 A notícia deixou muito servidor da Câmara preocupado com a possbilidade de não receber o salário em dia.

Hoje é dia do pagamento dos servidores do legislativo cair na conta.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Tempo fechado!

Não sei se é coincidência, mas toda vez que gente importante na cidade é privada de sua liberade (presa) o tempo muda. As noites sempre ficam mais geladas para o azar dos novos hóspedes do Estado.

Ninguém foi preso ainda, mas notaram que o tempo fechou!?

Qual será o presente?

Navegando pelo "instrutivo" Facebook descobri que hoje, é aniversário do prefeito cassado Homero Barbosa Neto. O ex-chefe do Executivo deve ter visto sua lista de amigos diminuir nos últimos meses, mas mesmo assim, ainda deve ter ao seu lado fiéis escudeiros prontos para cantar "parabéns pra você".

Nesse dia de festa, já sei qual será o pedido de Barbosa ao soprar as velinhas:



 _ Que eu não receba um presente de Grego do Tribunal de Justiça, amém!

É melhor não arriscar...

O grande volume de boatos (que não se confirmaram)  sobre uma suposta decisão do Tribunal de Justiça determinando a prisão de envolvidos no escândalo dos uniformes escolares deixou muita gente ressabiada na cidade.

Teve candidato que cancelou a agenda noturna de comícios, afinal, é melhor não arriscar!

Repouso

O "desaparecido" prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) não foi localizado nos últimos dias porque estaria em uma "Casa de Repouso".

Depois de ter confessado o recebimento de propina na compra dos uniformes escolares, Ribeiro estaria sofrendo de "anorexia nervosa".

A denúncia apresentada pelo Ministério Público também deve ter deixado muita gente com os nervos à flor da pele.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Lei da Muralha


O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) ofereceu denúncia à Justiça contra dois empresários da cidade, por corrupção ativa.

De acordo com os promotores de Justiça Cláudio Esteves e Jorge Fernando Barreto da Costa, que assinam a denúncia, os empresários Everton Muffato e Anderson Fernandes teriam tentado evitar a revogação da chamada “Lei da Muralha”, oferecendo propina para que o vereador autor do projeto retirasse a proposta da pauta de votações da Câmara.

Segundo o Gaeco, foram oferecidos R$ 40 mil em propina, mas o dinheiro não chegou a ser entregue.

Profis só na quinta-feira

Os vereadores foram contrários a urgência do projeto do novo Programa de Recuperação Fiscal (PROFIS). Com a medida, a matéria só será votada na sessão de quinta-feira.

Os vereadores querem uma manifestação oficial sobre ausência de óbices para a votação da matéria em período eleitoral.

Ministério Público diz que Profis pode ser votado em período eleitoral

O Ministério Público acaba de divulgar uma nota sobre a votação do Projeto de Recuperação Fiscal em período eleitoral, confira:


LONDRINA

Ministério Público Eleitoral entende que Profis não configura conduta vedada pela
lei eleitoral



A Promotoria de Justiça que atua junto à 41ª Zona Eleitoral, em Londrina,
manifestou-se nesta terça-feira (18) sobre o projeto em tramitação na Câmara de
Vereadores que trata do Programa de Recuperação Fiscal, o chamado Profis, que tem
como objetivo isentar de multa e juros as dívidas que os cidadãos tenham com o fisco
municipal.

A promotora de Justiça Susana Broglia Feitosa de Lacerda analisou se a concessão
desse tipo de benefício feriria ou não a lei eleitoral. De acordo com o parágrafo 10
do artigo 73 da Lei 9504/97 (Lei das Eleições), no ano que é realizado o pleito é
proibida a concessão de benefícios por parte da administração pública, exceto
programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício
anterior. Também se excetua nos casos de calamidade pública e estado de emergência.

Para a promotora, as condutas são proibidas quando tendem a afetar a igualdade de
oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais. Como o atual prefeito
licenciado não é candidato e o prefeito em exercício também não, a Promotoria
entendeu que o projeto não teria cunho eleitoral, a medida em que não estaria
favorecendo este ou aquele candidato. Além disso, poderia representar medida
saneadora para a saúde econômica do município, na perspectiva de evitar o caos
financeiro, uma vez que o Município de Londrina está em dificuldades até para manter
o correto funcionamento de serviços essenciais de sua responsabilidade.

Prefeitura tem R$ 12 milhões para o pagamento dos servidores


O secretário da Fazenda João Carlos Barbosa Perez informou que o Município tem hoje, R$ 12 milhões em caixa, mas a folha de pagamento dos servidores é de R$ 35 milhões.
 

A declaração foi dada durante o debate sobre a aprovação do novo Programa de Recuperação Fiscal.
 

De acordo com o secretário, se a projeção para o mês for confirmada os encargos da folha serão prejudicados. Perez citou como exemplo a CAAPSML e a Câmara.
 

A aprovação do projeto está emperrada por causa do período eleitoral. Os vereadores não sabem se a matéria pode ser votada em época de campanha.
 

A Prefeitura espera arrecadar cerca de R$ 25 milhões com o Profis.

Denunciados não podem ser presos depois de 22 de setembro

O Tribunal de Justiça do Paraná analisa a denúncia apresentada pelo Ministério Público sobre o pagamento de propina na compra dos uniformes escolares. Existe a informação de que a investigação feita pelos promotores pede a prisão de alguns dos envolvidos, porém, se isso for verdade, existe um prazo para o encarceramento de candidatos.

De acordo com a Lei Eleitoral, 15 dias antes da eleição os candidatos não poderão ser detidos ou presos.

Fazendo as contas, a partir de 22 de setembro ninguém poderá ser preso.

Pacotão do Executivo

Os secretários da Fazenda João Carlos Barbosa Peres e de Gestão Pública Denilson Novaes estão na Câmara para pedir o apoio dos vereadores na aprovação de 5 projetos do Executivo que entrarão na pauta em regime de urgência.

São eles:

292/2012 - Autoriza a implantação de um novo Profis.
302/2012 - Remanejamento do Fundo Municipal de Saúde (recursos para o pagamento dos prestadores do SUS)
303/2012 - Pagamento agentes de endemias
304/2012 - Program Saúde da Família
316/2012 - Secretaria de Assistência Social - Programa de Proteção Integral da Família.

Tem mais gente!

O vereador Joel Garcia (PP) declarou no plenário da Câmara que estão faltando nomes na denúncia criminal apresentada pelo Ministério Pùblico, no caso do recebimento de propina na compra dos uniformes escolares.

Os promotores apresentaram denúncia contra o prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido), o ex-prefeito Barbosa Neto (PDT) e outras 17 pessoas, entre agentes públicos e empresários.

Segundo Joel Garcia, tem gente que não dorme na cidade!

Marchinha do arrependimento

O vereador Roberto Fú (PDT) soltou uma pérola no plenário. O nobre edil declarou que por sua afinidade com o partido chegou a fazer uma "musiquinha" sobre sua vontade de nunca mais deixar o PDT.

Pelo jeito, o "single" do melódico Roberto Fú não decolou, já que ele declarou ter se arrependido da composição,

Câmara recebe atestado médico

O legislativo já recebeu o atestado médico que concedeu uma licença médica de 10 dias para o prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido).

O teor do documento ainda é mistério.

Enquanto isso, o "desaparecido" Ribeiro continua em lugar incerto e não sabido.

Ribeiro tem 7 dias para apresentar defesa

O "desaparecido" prefeito José Joaquim Ribeiro (sem partido) tem um prazo de 7 dias para apresentar sua defesa contra a abertura de uma comissão processante na Câmara.
Ribeiro está de licença médica e não foi encontrado pela equipa do legislativo para ser notificado sobre o processo. O problema foi resolvido com a notificação do "sumido" pela Folha de Londrina.
A Câmara deverá votar a abertura de uma comissão processante contra Ribeiro na próxima semana.
O motivo da investigação seria o recebimento de propina na compra dos uniformes escolares.

Câmara pode votar Profis

Existe uma informação de que o Programa de Recuperação Fiscal do Município (Profis) poderá entrar na pauta da Câmara nesta tarde.

A Prefeitura garante que sem o Profis não será fácil honrar os compromissos até o final do ano. A maior preocupação é com o pagamento dos salários dos servidores municipais.

O município espera arrecardar pelo menos R$ 25 milhões com o programa de renegociação.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

E pra vereador!?

A pesquisa feita pela Paiquerê FM/Alvorada Pesquisas também abordou a corrida eleitoral para uma cadeira no legislativo londrinense.

De acordo com a consulta, mais da metade dos entrevistados não definiu seu voto para vereador. Veja:

Não tem candidato definido - 52,5%
Já escolheram um nome - 39,4%
Não responderam - 8,1%


A pesquisa está registrada no TSE e no TRE do Paraná sob o número PR-00171/2012. Foram realizadas 632 entrevistas, entre 13 e 14 de setembrode 2012.

Esquema na Prefeitura teria desviado R$ 3,8 milhões

O Ministério Público apresentou hoje, denúncia contra os envolvidos no escândalo da compra dos uniformes escolares.

Veja a nota divulgada pela assessoria de imprensa do MP:


O Ministério Público do Paraná ofereceu nesta segunda-feira (17), perante o Tribunal de Justiça do Paraná, denúncia criminal contra o atual prefeito de Londrina, José Joaquim Martins Ribeiro, e o ex-prefeito, Homero Barbosa Neto, por formação de quadrilha, fraude à licitação, corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Outras 17 pessoas também foram denunciadas por um ou mais dos crimes citados e dos de falsidade ideológica e corrupção ativa. Ao todo, foram denunciados oito agentes públicos - ex-prefeito, prefeito e seis ex-secretários municipais - e 11 particulares.
Apesar de a investigação apontar para a possibilidade de valores mais elevados, a denúncia imputa o peculato (desvio de dinheiro público) de R$ 3,8 milhões e pagamentos de propinas no valor total de R$ 540 mil.

A peça de acusação foi formulada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, por delegação do procurador-geral de Justiça, já que envolve prefeito, situação cuja atribuição legal para processo na área penal é exclusiva do procurador-geral.

A denúncia envolve irregularidades em três procedimentos licitatórios, incluindo um de inexigibilidade de licitação, feitos pelo Município de Londrina em 2010, 2011 e 2012. Todos são relacionados à contratação para fornecimento de uniformes escolares, tênis e mochilas, para o qual foram contratadas as mesmas empresas, representadas pelos particulares denunciados. De acordo com a denúncia, os valores dos itens dos contratos teriam sido superestimados, a fim de promover desvio de recursos públicos em troca de propinas.

Crimes - Os crimes imputados, em tese, são, para a maioria dos agentes públicos (inclusive o ex e o atual prefeito), de formação de quadrilha (art. 288 do CP), corrupção passiva agravada (art. 317, § 1º, do CP), fraude a licitação (artigos 89 e 90 da Lei nº 8.666/93), peculato (art. 1º, inciso I, do Decreto-lei nº 201/67) e lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei nº 9.613/98). Ao ex-prefeito foram imputadas seis corrupções passivas, dois peculatos, cinco lavagens de dinheiro e três fraudes à licitação, além da formação de quadrilha. Ao prefeito foram imputadas duas corrupções passivas, uma fraude a licitação, um peculato e uma lavagem de dinheiro, além da quadrilha.

Para a maioria dos particulares, os crimes imputados são de formação de quadrilha (art. 288 do CP), falsidade ideológica (art. 299 do CP), corrupção ativa agravada (art. 333, § único, do CP), fraude a licitação (artigos 89 e 90 da Lei nº 8.666/93), peculato (art. 1º, inciso I, do Decreto-lei nº 201/67), e lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei nº 9.613/98). Um deles (Wilson) responde também por posse de arma (art. 12 da Lei nº 10.826/03) e outro (Luiz Gustavo) só por falsidade ideológica.

SOS Vida Animal


A ONG SOS Vida Animal vai suspender temporariamente o trabalho de recolhimento de animais nas ruas da cidade.

A medida será adotada por tempo indeterminado por cauda da dívida da entidade com as clínicas veterinárias.

A ONG recolhe mensalmente cerca de 100 animais.

A entidade que vive de doações e parcerias teve sua situação agravada pela crise política na cidade. De acordo com as informações, a ONG tinha a possibilidade de firmar um convênio com a prefeitura, mas a parceria foi prejudica pela crise.

O presidente da ONG Milton Pavan informou que a dívida da entidade chega a R$ 20 mil, mas por enquanto somente o serviço de recolhimento de animais será suspenso.
 


O telefone para colaborações é 3345 0607.

Coletiva Cláudio Esteves

Claudio Esteves by londrinanalatinha Ouça a coletiva do promotor Cláudio Esteves sobre o pagamento de propina na compra dos uniformes escolares em Londrina. De acordo com as informações, o desvio de recursos seria de R$ 540 mil.

Nova pesquisa com Belinati na frente

Uma nova consulta pública foi divulgada sobre a campanha eleitoral em Londrina. A pesquisa do Insituto Alvorada foi encomendada pela Rádio Paiquerê FM. A consulta está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 171/2012. A pesquisa ouviu 632 eleitores entre os dias 12 e 14 de setembro.

Confira os números:

Estimulada
Marcelo Belinati (PP) - 48,3%
Mácia Lopes (PT) - 9,5%
Barbosa Neto (PDT) - 8,9%
Alexandre Kireeff (PSD) - 6,6%
Luiz Eduardo Cheida (PMDB) - 6%
Valmor Venturini (PSOL) - 0,8%




Coletiva no Ministério Público


O Ministério Público vai conceder uma entrevista coletiva sobre os acontecimento na Prefeitura nesta tarde. Tem gente que não vai almoçar direito!

Confira a nota divulgada pela assessoria do Ministério Público:

O Ministério Público do Paraná ofereceu nesta segunda-feira (17), perante o Tribunal de Justiça do Paraná, denúncia criminal contra o atual prefeito de Londrina, JOSÉ JOAQUIM MARTINS RIBEIRO, o ex-prefeito, HOMERO BARBOSA NETO, e outras 17 pessoas.


Para esclarecimentos sobre a medida judicial, o procurador de Justiça Leonir Batisti e os promotores de Justiça Cláudio Rubino Zuan Esteves, Jorge Fernando Barreto da Costa, Renato de Lima Castro e Leila Schimiti Voltarelli, que atuam no caso por delegação do procurador-geral de Justiça, receberão a imprensa nesta segunda-feira (17), às 14h30, na sede do Gaeco.

Sindserv 3


Atendendo aos servidores que estão curiosos sobre como será o processo eleitoral para a nova direção do Sindserv, recebi as seguintes informações:

De acordo com os dados do sindicato, são 8 mil servidores – sendo 5 mil sindicalizados . O estatuto determina que só o funcionário com mais de dois anos de inscrição poderá votar.

A comissão organizadora preparou 30 urnas que vão visitar o local de trabalho de cada servidor.

A apuração dos votos deve terminar na madrugada de quinta-feira.

Sindserv 2

O Sindserv divulgou uma nota abordando a crise política na cidade. A diretoria aproveita para ressaltar seu compromisso com os cidadãos.

Veja a nota:


NOTA OFICIAL DO SINDSERV



A Prefeitura de Londrina conta com mais de 8 mil servidores. São pessoas que exercem suas funções com dignidade e respeito, sempre buscando fazer o melhor para a nossa cidade.

Por isso, os últimos acontecimentos na prefeitura, envolvendo o nome do prefeito e que provocaram uma instabilidade política, preocupa a todos.

O Sindserv espera que tudo seja esclarecido o mais rápido possível para que Londrina retorne à normalidade.

Porém, mesmo diante de tanta incerteza, os servidores públicos, cientes de sua responsabilidades não estão medindo esforços para que os serviços públicos que são essenciais para todos os londrinenses continuem sendo prestados .

O Sindserv vem a público para tranquilizar a população e reafirmar que o quadro de servidores públicos municipais é capacitado, sério e trabalhador e mais uma vez, reforça seu compromisso com a nossa cidade.

Servidor Público municipal nosso maior patrimônio.



Marcelo Urbaneja
Presidente Sindserv -Sindicato dos servidores Públicos municipais de Londrina.

Sindserv 1

Tem início amanhã, as eleições para nova diretoria do Sindicato dos Servidroes Municipais de Londrina. O pleito está marcado para os dias 18 e 19.

Três chapas disputam o comando do Sindserv:

Chapa 1 - "Sindserv para todos" - presidente Marcelo Urbaneja

Chapa 2 - "Renovação para novas conquistas" - presidente professora Ieda Maria Fumagali Zamuner

Chapa 3 - "Mudar para jutos conquistar" - presidente professora Fernanda Tedeschi

Déficit da Sercomtel é de R$ 2 milhões

O presidente do Conselho Administrativo da Sercomtel Osvaldo Pitol revelou que a Sercomtel está registrando um déficit mensal de R$ 2 milhões.

Segundo Pitol, a empresa foi muito mal administrada recentemente. Na avaliação do presidente do Conselho, o empresário Fernando Kireeff foi o último a apresentar um bom trabalho no comando da empresa.